Histórico

A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO JOAQUIM DA BARRA é uma pessoa jurídica de direito privado, organizada sob a forma de sociedade civil, de fins beneficentes e filantrópicos, fundada oficialmente em 12 de março de 1944.

 

 

VER FOTOS ANTIGAS E CURIOSAS

 

VER FILOSOFIA / EQUIPE

 

VER DIRETORIA

 

Sediada na cidade de São Joaquim da Barra - SP e inaugurada em 01 de Agosto de 1957 - registrada no Serviço Social de Medicina do Estado de São Paulo como INSTITUIÇÃO FILANTRÓPICA sob n.o 1.044 e no Conselho Nacional de Serviço Social do MEC sob n.o 99.902, é também considerada como Utilidade Pública nas esferas municipal, estadual e federal:

 

- Declarada de Utilidade Pública Municipal Lei n.o 236 de 21/08/1956 - CEAS CAH 7824.

 

- Declarada de Utilidade Pública Estadual pela Lei de 21/12/1971.

 

- Declarada de Utilidade Pública Federal Decreto n.o 93081 de 07/08/1986;

 

A Santa Casa de Misericórdia de São Joaquim da Barra tem por objetivo manter e administrar os leitos e serviços hospitalares, incluindo-se aqui tanto os pertinentes ao hospital em funcionamento como quaisquer outros que venham a ser criados ou mantidos; criar, manter e administrar todos os serviços de proteção à velhice, aos desempregados, aos diminuídos mentais de natureza assistencial, de natureza beneficente e por fim estimular e praticar obras de misericórdia e prestar assistência aos desvalidos.

 

O dia 01 de Agosto de 1957 se tornou a data oficial de inauguração, data em que foi feita a primeira cirurgia no Hospital. Nessa época a instituição era então dirigida pelas Irmãs de Caridade, que executavam tarefas de todos os tipos conforme a necessidade. Nos anos de 1958/1959, iniciou-se a construção da Maternidade, através de um projeto que compreendia 900 m2 de área. Em virtude do crescente progresso, o Hospital, até então como era conhecido, transformou-se em Santa Casa em fins da década de 70. Naquele período, foram construídos 700m2 de Ambulatório, 1.000 m2 de novos apartamentos, 1.200 m2 de área de Serviços Gerais e aproximadamente 600 m2 de Apartamentos pelo INPS, hoje conhecido como SUS.

 

Foram feitos também grandes investimentos financeiros em aparelhos médicos hospitalares, direcionando o nosocômio na década de 90 para então se transformar em Hospital Referência em toda a região. Em 1988, com a promulgação da nova Constituição Federal e a afirmação do artigo 196: “SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO”, foi criada a universalidade do atendimento nomeado então como SUDS (Serviço Unificado e Descentralizado de Saúde) que nos dias atuais conhecemos como SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Frente à crise financeira e à falta de apoio e atenção em relação ao sistema de saúde de todo o país, surgiu e ganhou força a necessidade de se buscar uma alternativa no mercado para viabilizar o atendimento dos hospitais. Assim, visando manter o atendimento e consequentemente manter a Santa Casa de São Joaquim da Barra de portas abertas, foi criado o Plano de Saúde, como uma forma de socializar a medicina em São Joaquim da Barra e região e dar atendimento digno para a população menos assistida em diversos campos.

 

Assim, em 02 de agosto de 1993 foi criado o plano de assistência “Santa Casa Saúde”, um plano próprio que utiliza os serviços da Santa Casa de Misericórdia de São Joaquim da Barra e de uma rede credenciada de médicos, drogarias e laboratórios para atendimento de seus usuários.

 

A Santa Casa de Misericórdia e o Plano Santa Casa Saúde fazem parte do Grupo Santa Casa de São Joaquim da Barra, um selo criado no ano de 2008 para identificar as empresas que surgiram por consequência desse desenvolvimento, contando ainda com Drogarias e Laboratório próprio, buscando sempre prestar a mehor e mais completa assistência médico-hospitalar da região, levando saúde de boa qualidade à população não só de nossa cidade como de toda a região da Alta Mogiana, que possui uma população estimada de 300.000 habitantes.









PARCEIROS